Foi em 2017 na escola estadual Prof. Paulo César Carniel Giovanetti, em Ribeirão Preto, estudando no 1º ano do ensino médio e com apenas 14 anos que Osimeyre Santos conheceu o Projete. A proposta de mostrar empreendedorismo para jovens de escola estadual de forma gratuita e com o apoio de grandes empresas chamou a atenção da estudante para ter um crescimento pessoal e profissional. Selecionada após realizar a redação imaginando seu futuro, comemorou a aprovação e pôde perceber que toda a estrutura e objetivo do programa social era muito mais do que esperava.

“Quando as mentorias começaram, percebi que o Projete tinha muito mais a oferecer além de aulas de empreendedorismo. O Projete é sim sobre empreendedorismo, mas também é sobre vida, cidadania, sonhos e realizações. Eu sempre saía das mentorias mais preparada, com mais vontade de Sonhar e lutar para viver tudo aquilo que eu imaginei um dia”, relembra.

Dentre tantas dificuldades, acordar cedo aos sábados após uma semana inteira de estudo para trocar um dia de descanso por mais conhecimento foi uma das quais mais pesou na rotina, mas que valeu a pena pelo ganho de maior responsabilidade, comprometimento e capacitação profissional.

Colocando em prática todas as mentorias aplicadas, o projeto final de Osimeyre e sua turma foi o Super Ação, realizado dentro da própria escola e proporcionando um dia de lazer às crianças do bairro Jardim Paiva II através de música tocada pelo quinteto de cordas da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, brincadeiras como cama elástica e oficinas de artesanato e distribuição de suco, bolos e cachorro quente. Tudo com patrocínio de mercados e empresas com parceria conquistada pelo apelo dos próprios alunos.

“Depois de muito trabalho, o projeto foi um sucesso e foi gratificante ver o sorriso no rosto de cada criança. Me fez perceber que o melhor sentimento que podemos ter é a gratidão de ajudar quem precisa, transformando nosso aprendizado em retribuição a nossa sociedade. Isso não tem preço”, conta Osimeyre.

O sucesso e experiência deste processo só progrediram ao longo de sua trajetória. Formada em 2017 pelo programa social, realizou um ano de cursinho no SEB COC em 2018. Em 2019, conseguiu uma vaga de Jovem Aprendiz em uma das empresas parceiras e fundadoras do Projete, a PWC (PricewaterhouseCoopers), e hoje, aos 17 anos, é estudante no primeiro semestre de Ciências Contábeis na USP.

“Esse é meu primeiro emprego e estou me desenvolvendo muito como pessoa e profissional na empresa. Futuramente pretendo prestar o processo seletivo para Trainee na PwC e quem sabe continuar a trabalhar nessa empresa que tanto contribuiu para o meu crescimento. Enquanto isso, vou criando mais experiências e histórias de vida para um dia poder inspirar alunos que irão se sentar nas cadeiras que já sentei um dia no Projete, e instruí-los, assim como fui instruída, a lutar e não desistir dos seus sonhos. Com muito esforço somos capazes de conquistar o mundo!”, afirma.

Texto escrito por Bruna Martinelli

Blog

Comentários desabilitados.