Ex-aluna Projete e tutora durante 3 anos, Gabrielle superou as dificuldades impostas e aprendeu dentro do Projete a expandir o melhor lado de si.

Natural de Altinópolis, Gabrielle Victoria da Silva se mudou para Ribeirão Preto aos seis anos de idade para morar com a tia, após perder a mãe em um acidente de trânsito. Crescida em um bairro precário na época da zona norte, Jd. Jandaia, Gabrielle se viu em um cenário de criminalidade desde muito nova. Estudante na escola Irene Dias Ribeiro, conheceu o Projete no ano de 2015, no primeiro ano do ensino médio.

Gabrielle Victoria da Silva

Apesar de não se considerar uma das melhores alunas, foi escolhida para prestar a seletiva do Projete pela coordenadora devido ao seu instinto de liderança, seu protagonismo natural e pela alegria contagiante. Presidente do primeiro grêmio estudantil da escola, Gabrielle era conhecida por todos e não fazia questão de grupos, mas sim de tirar e exaltar o melhor de cada aluno. Quando foi chamada para prestar a prova, não acreditava no potencial do que estaria por vir, achava que seria um curso de informática que “daria um panetone como prêmio”, e nada mais. Mesmo assim, aceitou a aprovação com alegria e decidiu participar.

Foi na aula inaugural que se deu conta da qualidade do conteúdo e da oportunidade que estava recebendo, qual agarrou com as duas mãos. “Pegava contato, cartões de todos os voluntários que iam no projeto. Ficava no meio deles parecendo uma sombra, queria saber como as coisas funcionavam. Não faltei um dia se quer, mal esperava chegar aos sábados para saber o que ia aprender de diferente. E não tinha desculpa para não ir, o transporte estava garantido e o lanche também”, comenta.

Gabrielle Victoria da Silva

Os momentos vivenciados no Projete trouxeram a Gabrielle experiências, lembranças marcantes e oportunidades. Realizando um projeto final com intervenção em escolas públicas com palestras sobre profissões, nele adquiriu noção sobre dinâmica de conteúdo, organização, estrutura, e uma memória inesquecível.

“Um momento que me marcou muito foi quando o Roberto, filho do Maurilio Biagi, sentou-se no chão com a minha turma para nos ajudar no nosso projeto final. Aquele dia eu percebi que, não importa da onde você veio, o que a vida fez com você, muito menos o que te faltou. Você pode e deve ser a sua melhor versão. Eu me senti especial, importante aquele dia”, relembra com carinho.

A inserção no curso fez com que conseguisse emprego na empresa Alliage, parceira do Projete, e trouxe a ela ainda mais oportunidades de crescer pessoalmente e profissionalmente. No ano de 2016, se tornou tutora do Projete e assumiu a responsabilidade de administrar uma das turmas de alunos daquele ano e de mais dois anos seguintes. Atualmente Gabrielle é estudante de Direito, desenvolve o sonho do empreendedorismo e continua apaixonada por projetos sociais.

“Se eu pudesse deixar uma mensagem que acho que se encaixaria perfeitamente para todos os alunos que já passaram pelo Projete, seria a de Jean-Paul Sartre: ‘Não importa o que a vida fez de você, importa o que você fez com o que a vida fez de você’. Seja Protagonista da sua história”, concluí.

Gabrielle Victoria da Silva

Texto escrito por Bruna Martinelli

Blog

Comentários desabilitados.