Jovens se reuniram para conscientizar, recolher arrecadações e realizar entrega de doações a pessoas carentes

Nas últimas semanas as turmas azul, verde, amarela e vermelha colocaram em prática as idealizações de seus projetos que vão desde conscientização social e ambiental para arrecadação e doação de alimentos.

Desenvolvendo palestras online sobre o meio ambiente,  a turma verde divulgou sua ideia -PEMARP- pelas redes sociais (Instagram e Facebook) e também em abordagem presencial no centro da cidade. 37 participantes aprenderam sobre sustenbilidade e receberam um kit especial com bloquinhos ecológicos, canetas, vasinhos, sementes, perfumes, cremes hidrantes para os olhos, máscaras para a pele e hidratantes labiais.

“Aprendemos a nos organizar melhor, a trabalhar em equipe respeitando as diferenças e com certeza, conseguimos aprender mais sobre como funciona a criação de um grande projeto, que pode acabar sendo útil futuramente”, comenta Ana Carolina Lopes, uma das integrantes do grupo.

A turma vermelha realizou arrecadação de alimentos para famílias carentes de Ribeirão Preto com o projeto Zelar. Com divulgações pelo Instagram, buscaram atuais e antigos integrantes do Projete para espalhar a ideia e obter mais doações, que foram arrecadadas em frente ao Theatro Pedro II. A equipe doou 35 cestas básicas, brinquedos e roupas. Pela vakinha online conseguiram cerca de R$1.399,18 e mais R$414,00 com uma rifa realizada. Todo o valor foi revertido na compra de cestas básicas. Os itens serão entregues no dia 19/12 às 11h30 em parceria com a ONG Amigos que Fazem o Bem.

“Participar do desenvolvimento do Projeto foi gratificante! Aprendemos que o trabalho em equipe, a colaboração, a comunicação e a organização são essenciais para desenvolvermos qualquer ação. Nossos erros também nos ajudaram significativamente a saber administrar melhor o dinheiro, aprender a fazer um network e para muitas outras situações”, comenta a integrante Ana Laura França.

Já o projeto Doe Amor, Projete Alegria, da turma azul, doaram 100 marmitas a moradores de rua nos pontos centrais da cidade Praça Schmidt -conhecida como praça da Maria fumaça-, Centro Popular de Compra (CPC), rodoviária e Catedral. A ação teve parceria com a Sra. Daugliana, que já realiza trabalhos sociais como dos jovens. Com divulgações pelo Instagram, a equipe ainda recebeu R$ 200 em vakinha online que foram utilizados para entrega das marmitas e também doação de cestas básicas a pessoas vulneráveis.

“Participar desse projeto trouxe preocupação, medo, ansiedade, nervosismo, e dificuldades. Mas através de muito amor e dedicação nosso projeto aconteceu com sucesso. Quero continuar fazendo muitas vezes, pois só quem vive essa experiência sabe o quão bom é, e o tanto que essas pessoas precisam de nós. Começamos a dar valor no pouco, começamos dar valor na vida”, conclui a participante Lívia Marcelino de Paula.

Responsáveis pela ModificaRp, a turma amarela também arrecadou e doou alimentos e roupas para a instituição Cantinho do Céu. Foram 13 sacolas de roupas, 92 caixas de leite, 6 garrafas de suco, 2 achocolatados em pó, 6 caixas de Aveia, 7 pacotes de macarrão, 12 unidades de papel higiênico, 15 saches de suco, 1 bolacha de água e sal e 2kg de cebola. O grupo divulgou pela rede Instagram e ainda pretende dar início a outro projeto, revitalizando um espaço público em descaso.

“Participar desse projeto nos mostrou como o trabalho em equipe é importante, ideias e pontos de vista diferentes ajudam o projeto a se tornar diferente e único, exatamente por ter um pouco de cada um. Aprendemos como a resiliência e a superação fazem parte do nosso dia a dia”, comenta Júlia Maria de Campos Moreira, integrante da equipe amarela.

Texto escrito por Bruna Martinelli

Uncategorized

Comentários desabilitados.